domingo, 3 de outubro de 2010

TENSO

DEFINIÇÃO DA PALAVRA TENSO

    by Jayme

terça-feira, 7 de setembro de 2010

Primeiros sorvetes do Brasil

Em 1834, chegava ao Rio o primeiro carregamento de gêlo, vindo dos EUA. Envolvido por serragem, foi enterrado profundamente, sendo conservado por cinco meses. Luigi Bassini, italiano radicado, utilizou-o e passou a fabricar os primeiros sorvetes do Brasil, causando sensação e tornando notório o trecho da rua Direita (Primeiro de Março) onde ficava sua casa, entre Ouvidor e o Beco dos Barbeiros.

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Maior turbina movida a marés do mundo testada na Escócia

A maior turbina movida a energia de marés do mundo será testada na Escócia.Criada pela empresa Atlantis Resources, a turbina AK-1000 será instalada para testes no Centro Europeu de Energia Marinha em Orkney, na Escócia.
Segundo a empresa, a turbina subaquática foi desenvolvida para suportar a pressão das mais fortes correntes marinhas.
Com hélices de 18 m de diâmetro, mais de 22 m de altura e 1,3 mil toneladas, pode gerar até 1 MW de electricidade, o suficiente para abastecer cerca de mil casas.
A empresa também afirma que por causa da sua baixa velocidade, a turbina não causará danos à vida marinha.
Se passar nos testes, a turbina poderá ser a primeira de muitas a serem instaladas na costa da Escócia.

sábado, 21 de agosto de 2010

Índice onomástico

O índice do tipo onomástico é uma lista de nomes de pessoas, entidades ou autoridades que aparece na forma de elemento pós-textual em publicações diversas e distintas, sempre com a indicação da página em que estão esse nomes. Ao se elaborar um índice onomástico na obra é mais adequado fazê-lo numa lista separada do Índice de termos.É um elemento que auxilia o leitor, pois propicia que informações sobre as pessoas citadas na obra sejam encontradas com mais facilidade. Em biografias e livros de História, por exemplo, é um expediente bastante utilizado, especialmente por se tratar de textos que fazem menção a várias personalidades.
Em tempo: o adjetivo onomástico vem do grego onomastikós, e significa aquilo que é “relativo aos nomes próprios” (Aurélio, 2005, informação eletrônica).

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

E.T.

Portaria 551/10 dispõe sobre o registro e o trâmite de assuntos relacionados a "objetos voadores não identificados"
Foi publicada no Diário Oficial da União de ontem, 10/8, uma portaria assinada pelo Tenente-Brigadeiro-do-Ar Juniti Saito regulamentando como a Aeronáutica deve lidar com assuntos ligados a "objetos voadores não identificados" (Ovni) no espaço aéreo nacional.
_______________
PORTARIA N°- 551/GC3, DE 9 DE AGOSTO DE 2010
Dispõe sobre o registro e o trâmite de assuntos relacionados a "objetos voadores não identificados" no âmbito do Comando da Aeronáutica.
O COMANDANTE DA AERONÁUTICA, de conformidade com o previsto no inciso XIV do art. 23 da Estrutura Regimental do Comando da Aeronáutica, aprovada pelo Decreto nº 6.834, de 30 de abril de 2009, e considerando o que consta do Processo nº 67000.001974/2010-61, resolve:
Art. 1º As atividades do Comando da Aeronáutica (COMAER) relativas ao assunto "objetos voadores não identificados" (OVNI) restringem-se ao registro de ocorrências e ao seu trâmite para o Arquivo Nacional.
Art. 2º O Comando de Defesa Aeroespacial Brasileiro (COMDABRA), como órgão central do Sistema de Defesa Aeroespacial Brasileiro (SISDABRA), é a organização do COMAER responsável por receber e catalogar os registros referentes a OVNI relatados, em formulário próprio, por usuários dos serviços de controle de tráfego aéreo e encaminhá-los regularmente ao CENDOC.
Art. 3º O Centro de Documentação e Histórico da Aeronáutica (CENDOC) é a organização do COMAER responsável por copiar, encadernar, arquivar cópias dos registros encaminhados pelo COMDABRA e enviar, periodicamente, os originais ao Arquivo Nacional.
Art. 4º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.
Art. 5º Revoga-se a Nota No C-002/MIN/ADM, de 13 de abril de 1978 e o Aviso No S-001/MIN, de 28 de fevereiro de 1989.
Ten.-Brig. do Ar JUNITI SAITO

domingo, 1 de agosto de 2010

APENAS TRÊS HOMENS ANDARAM SOBRE AS ÁGUAS



Três homens andaram sobre as águas em toda a história da Humanidade:










O primeiro foi Cristo.










O segundo foi Pedro.












O terceiro foi Ivangivaldo.








Ivangivaldo?












Quem é Ivangivaldo???












O cara da foto abaixo!








segunda-feira, 26 de julho de 2010

QUEM AMA EDUCA...

A maioria das pessoas considera hoje em dia que “pegar pesado” com as crianças seja inapropriado.
Eu tenho usado outros métodos para controlar meus filhos quando ocorre "um daqueles dias". E um método, especialmente, tem se mostrado muito eficiente: é simplesmente levar a criança para dar uma volta de carro.
Durante o tempo que dura a volta, não falamos... e deixo tempo para que ela reflita sobre seu comportamento.
Não sei se são as suaves vibrações do veículo que os relaxa, ou simplesmente o fato da criança ficar distante por um tempo das suas distrações habituais: TV, videogame, computador, etc. O que sei é que meus filhos, depois da volta de carro, ficam muitíssimo mais tranqüilos.
Creio que o contato visual que temos durante todo o tempo é o que realmente consegue estes resultados tão bons.



Mando uma foto que tirei num desses passeios. Se quiser pode utilizar a técnica. Garanto que funciona.
by Moni


Este método é muito útil também com sobrinhos, primos e netos

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Piromania

"Há cerca de um mês, uma comissão de sábios entregou ao Senado um anteprojeto de reforma do CPC que prevê a incineração, depois de cinco anos, de todos os processos mandados ao arquivo. Querem reeditar uma piromania de 1973, revogada dois anos depois pelo presidente Ernesto Geisel. Se a história do Brasil for tratada com o mesmo critério que a PF dispensa à maconha, irão para o fogo dezenas de milhões de processos que retratam a vida dos brasileiros, sobretudo daqueles que vivem no andar de baixo, a gente miúda do cotidiano de uma sociedade. Graças à preservação dos processos cíveis dos negros do século 19 conseguiu-se reduzir o estrago do momento-Nero de Rui Barbosa, que determinou a queima dos registros de escravos guardados na Tesouraria da Fazenda. (...) A teoria do congestionamento dos arquivos é inepta. Eles podem ser microfilmados ou preservados digitalmente. Também podem ser remetidos à guarda de instituições universitárias. O que está em questão não é falta de espaço, é excesso de descaso pela história do povo."
Elio Gaspari, O Globo
"Em quase todos os crimes a responsabilidade do mal não se limita unicamente ao indivíduo que o comete, toca também em alguma parte à sociedade a que o indivíduo pertence. A sociedade pois, não só pode, mas deve conhecer o crime - para zelar a justiça e para cobrir a desgraça."
Eça de Queirós

domingo, 18 de julho de 2010

Manuscritos e desenhos do escritor tcheco Franz Kafka

Franz Kafka

Manuscritos e desenhos do escritor tcheco Franz Kafka (1883-1924) serão retirados das caixas-fortes do banco suíço UBS em função do litígio judicial entre os herdeiros desses documentos e as autoridades israelenses.
Na próxima segunda-feira, serão abertos quatro compartimentos de caixas-fortes do UBS em Zurique, onde se encontram há mais de 50 anos os textos e desenhos do autor de O Processo, que morreu de tuberculose em 1924, na Áustria, segundo informações publicadas pelo jornal Neue Zürcher Zeitung.
Contatado pela agência Agência France Presse, o UBS negou-se a fazer comentários — o banco não divulga informações sobre a atividade de seus clientes, segundo um porta-voz. A abertura das caixas-fortes em Zurique será realizada depois de uma operação similar em dois bancos de Tel Aviv (Israel), por ordem de um tribunal israelense.
A professora de literatura Itta Shedletzky será a primeira pessoa a ter acesso a esses documentos e deverá fazer seu inventário.
Era para queimar tudo
Franz Kafka nasceu em 1883, em Praga, que à época pertencia ao Império Austro-Húngaro, e deu instruções a seu amigo Max Brod para queimar sua obra depois de sua morte. Mas Brod não cumpriu com o pedido e, após imigrar para Tel Aviv em 1939 para escapar do nazismo, publicou os textos.
Depois, legou a sucessão da obra a sua secretária, Esther Hoffe, que, por sua vez, a legou a suas filhas. Após a morte de Esther, há três anos, suas filhas pediram às autoridades israelenses que confirmassem sua herança. Atualmente, um processo corre em Tel Aviv para estabelecer se as herdeiras podem dispor livremente ou não desta sucessão.
A Biblioteca Nacional de Israel, em Jerusalém, aproveitou a ocasião para tentar, segundo seu diretor Shmuel Har Noi, “recuperar os manuscritos de Kafka”.
FRANCE PRESSE

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Juiz mato-grossense deixa de lado o latim e usa até letra de música da cantora Kelly Key em suas decisões

Juiz mato-grossense deixa de lado o latim e usa até letra de música da cantora Kelly Key em suas decisões
Ao invés de usar o latim, como boa parte dos juízes fazem, um juiz de Mato Grosso trocou a língua de Cícero por um tom mais "coloquial". Suas sentenças têm gírias, letras de músicas, poemas e trechos da Bíblia.
Para facilitar o entendimento de suas sentenças o juiz Luiz Carlos da Costa, da 1ª vara da Família, já usou a letra da música "Baba Baby", da cantora Kelly Key, em sentença que determinou a um plano de saúde que ressarcisse as despesas médicas de uma paciente com câncer. "Isso é para você aprender, você nunca mais vai me esnobar". Para Naime Márcio Morais, do Instituto de Defesa da Família do Mato Grosso, isso é o desabafo de alguém que vai à Justiça buscar um direito negado por alguém.
Em outra ação, esta de separação de casais, Luiz recorreu a uma música de Vinicius de Morais e Antonio Carlos Jobim:
"A felicidade é como gota de orvalho numa pétala de flor
Brilha tranquila, depois de leve oscila
E cai como uma lágrima de amor".
Numa sentença em que pais disputam a guarda da filha, ele escreve para a menina :
"Isabele, perdoe seus pais. Eles não sabem o que fazem. Você precisa ter muita paciência com eles. Eles são jovens e a juventude arrebata e fascina".
Em um caso, em que um sobrinho pedia pensão alimentícia aos tios, o juiz avisa na sentença que a "notícia não será muito boa" para ele.
"Sobrinho não pode pedir alimento ao tio [...]. Só se pode pedir verba alimentícia para os manos e manas: tanto os tiozinhos quanto as tiazinhas estão de fora. Não sei se pediram, quando da elaboração da lei: nos inclua fora dessa!", diz.
Em outra ação, uma mãe pede o reconhecimento de uma união estável de 18 anos com o companheiro falecido. Ou juiz dá decisão favorável antes mesmo de citar a outra parte, por considerar a situação da mulher "pobre de marré, marré".
"O juiz pode decidir assim, de cara, de plano? Pode sim. Sempre digo que no recipiente das leis não cabe todo o conteúdo da vida", diz o juiz, na decisão.
Suas sentenças causam polêmica. Tanto que as suas sentenças têm sido motivo de debates nas faculdades de Direito da cidade.
"Não é regra que se deva escrever a sim. A regra é que se utilize de termo vernacular, dentro de limite de responsabilidade para não atingir nem as partes do processo, nem terceiros", disse Valter Pereira de Souza, da Associação dos Magistrados do Mato Grosso.
Natural de Governador Valadares/MG e com 24 anos de magistratura em Mato Grosso, o juiz é apontado por seus colegas de gabinete como extrovertido, mas reservado em relação à vida pessoal.
Para o advogado Martins Moraes o trabalho do juiz é "exemplar". "Eu acho fantástico quando um juiz toma a iniciativa de se aproximar da sociedade, em uma linguagem que todos entendem", disse.
Fonte : Expresso MT, O Globo e Folha de S.Paulo

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Homem na cozinha...

O marido está na cozinha, fritando um ovo, quando a esposa chega e começa a gritar com ele, feito uma louca:
- JOGA MAIS ÓLEOOOO!!!
- JOGA MAIS ÓÓÓÓÓÓÓÓLEOOOOO!!!
- CUIDADOOOO - VAI GRUDAR NO FUUUUUUUNDO...
- CUIDADO!!! VIRA, VIRA
- ANDA VIRA... RÁÁÁÁPIDOOOOOOO!!!
- CUIDADO! CUIDADO!!! VAI ESPIRRAR...!!!!!!!!
- PARECE QUE VOCÊ É LOUCO.....
- VAI ENTORNAR... PÕE MENOOOOOS....
- AI, MEU DEUS!
- O SAAAAAAAALLLLL!!!!!
- NÃO ESQUECE O SAAAAAAAAAALLLLLLLL!!!
- MAS CUIDADOOOOOOOO
- NÃO PÕE MUUUITOOOOOOO!!!!
- DESLIGA O FOGO, VAAAAAI,
- DESLIGA O FOOOOOGOOOOOOOOOOO..
- UFAAAA - ACABOU - AFFEEEE!
O homem, irritadíssimo com os berros dela, pergunta:
- Por que é que você está fazendo isto?!? Você acha que eu sou surdo e que eu não sei fritar um ovo?
E a esposa, bem calma, responde:
- Isto é só pra você ter uma idéia do que você faz comigo quando eu dirijo...

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Posso tomar conta?

Hajaii Hassanal Bolhiah Muhizzaddin Waddaulah , Sultão do Brunei , um dos homens mais ricos do mundo,  encomendou um carro exclusivo, híbrido de Rolls Royce e Ferrari.

CADA UM NO SEU QUADRADO...

terça-feira, 6 de julho de 2010

NEM PRECISA DE LIPOASPIRAÇÃO...

SEM RETOQUES DE PHOTOSHOP...

NÚ ARTÍSTICO...ALÉM DA IMAGINAÇÃO !

Incrível!

David Morales Colón, um porto-riquenho de 22 anos, foi assassinado no dia 22 de abril a tiros e virou notícia nos Estados Unidos. O mais interessante nesta notícia é o fato de que não foi o assassinato que chamou a atenção da mídia, e sim o seu velório.
Ao invés do tradicional caixão, a família de David optou por algo menos ortodoxo: Contratou uma agência funerária e pediu para que o colocasse em cima de sua moto Repsol-liveried Honda CBR600 F4 como se estivesse andando nela, e a agência funerária fez um trabalho de primeira.

Limousine

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Idéia Melhor

                                          by Monica

terça-feira, 29 de junho de 2010

iPhone com giroscópio

Parece ser legal ter um giroscópio incorporado no seu próximo smartphone, não?
Mas, enquanto a Apple se vê obrigada a suspender a pré-venda do iPhone 4, com a alegação quase bizarra de excesso de interessados, você pode estar se perguntando: para o que mesmo é que vai servir esse giroscópio?
"It's just perfect for gaming," disse Steve Jobs durante a apresentação do novo recurso. Mas pode ser mais do que isso.
Posicionamento a toda prova
Os smartphones atuais já contam com bússola, acelerômetro e GPS, o que é suficiente para apontar o norte magnético, indicar a posição exata em qualquer ponto do planeta e sentir qualquer movimento - para cima e para baixo, de um lado para o outro e para frente e para trás.
"Mas [o acelerômetro] não sabe como o celular foi girado ao redor do seu eixo," lembrou Nick Black, em entrevista à revista New Scientist. "A bússola sabe para onde o aparelho está apontado - mas apenas ao longo de um plano. Ela não consegue lhe dizer se ele está apontando para baixo ou para cima."
Em outras palavras, se o seu celular fosse um avião, ele lhe indicaria corretamente para onde você está voando, mas não lhe ajudaria a inclinar para fazer curvas.
A dica foi suficiente para lembrar-lhe dos simuladores de voo? Exatamente isso. Os ainda pré-proprietários do novo iPhone poderão usar, para controlar seus aviões virtuais, a mesma tecnologia que os pilotos usam para controlar os aviões de verdade: o giroscópio.
Realidade ampliada
Mas Black aponta que talvez seja na realidade ampliada que virão os maiores benefícios.
O GPS e a bússola dos aparelhos atuais determinam a posição e a orientação do celular. Assim, quando o usuário aponta a câmera do iPhone para um restaurante, por exemplo, avaliações do estabelecimento podem ser sobrepostas à imagem.
Mas se usuário girar o telefone, qualquer texto ou imagem virtual gerados pela realidade ampliada vai desconectar-se da imagem. Isto não vai mais acontecer com o uso do giroscópio.
Microgiroscópio
O giroscópio não é nenhuma novidade: inventado no século 19 pelo alemão Johann Bohnenberger, ele é parte integrante do sistema de controle de todos os aviões.
A novidade são os microgiroscópios, como os que equipam o iPhone 4. Enquanto os giroscópios dos aviões são compostos por conjuntos complicados e pesados de rodas girando em alta velocidade, o microgiroscópio é um MEMS, um sistema microeletromecânico super miniaturizado que custa menos de US$3 a unidade.
Construído no interior de um microchip de silício, o microgiroscópio consiste de uma série de "forquilhas" metálicas, cada uma com uma frequência de ressonância que muda conforme giram, estabelecendo a orientação precisa do dispositivo em três dimensões.
Segundo a revista EE Times, todos os vendedores de smartphones afirmaram que seus modelos também virão equipados com giroscópios até o Natal de 2010.

USP cria sistema de criptografia caótica para a internet

Pesquisadores da USP de São Carlos e de Ribeirão Preto desenvolveram um novo sistema de criptografia que promete maior segurança às transações bancárias e no comércio via internet.
A iniciativa irá dificultar a ação de hackers e espiões em suas tentativas de quebrar códigos de segurança na internet, por exemplo. A criptografia também é importante na codificação de arquivos em notebooks, que podem ser perdidos ou roubados.
"O sistema é inovador porque combina o método tradicional de criptografia com uma parametrização dinâmica obtida de sistemas caóticos. Até onde sabemos, é a primeira vez que esta abordagem foi feita. Com isso, conseguimos produzir um algoritmo computacional com melhorias na segurança e também na velocidade", afirma o professor Odemir Martinez Bruno, do Instituto de Física de São Carlos (IFSC) da USP.
"Um dos aspectos inovadores do novo sistema é justamente a integração entre os conceitos da física e matemática à computação", afirma Bruno, lembrando que o novo método está em processo de obtenção de patente.
Como a criptografia funciona
O professor explica que a criptografia embaralha letras, números e símbolos para codificar textos e somente pessoas autorizadas podem decodificar e recuperar o texto original. Tradicionalmente, a criptografia utiliza operações lógicas ou aritméticas simples para o embaralhamento.
Na prática, quando um usuário digita os dados de seu cartão de crédito numa transação comercial via internet, as informações são "embaralhadas" de maneira que um invasor não consiga decifrar os códigos. "Somente o banco será capaz de decifrar as informações", explica o professor.
No entanto, hoje em dia boa parte dos algoritmos aplicados na criptografia já foram quebrados. "Esse duelo entre códigos estabelecidos e os que tentam quebrá-los dura mais de dois mil anos. Tanto que a criptografia foi amplamente usada em operações militares. Muitas batalhas e mesmo guerras, foram vencidas ou perdidas pelo sucesso ou fracasso da criptografia", lembra o pesquisador.
"Atualmente, a criptografia desempenha um importante papel na economia moderna. Ela é responsável por garantir a segurança nas transações comerciais em meios eletrônicos, por exemplo", descreve Bruno.
Efeito borboleta
Pesquisas envolvendo a criptografia e sistemas caóticos já foram objeto de estudos e, nas últimas décadas, algoritmos de criptografia baseados na teoria do caos foram criados. Entretanto, esses algoritmos apresentavam severas limitações, tornando-os inseguros e demasiadamente lentos para aplicações comerciais.
Mas, o sistema desenvolvido pelos pesquisadores da do IFSC e da FFCLRP permite maior agilidade nas operações com os algoritmos e o embaralhamento é maior. "A combinação feita entre a criptografia tradicional e sistemas caóticos permitiu melhorias na segurança e maior velocidade", explica Bruno.
A teoria do caos explica o comportamento aparentemente errático e imprevisível de determinados sistemas naturais. Esses sistemas são não-lineares e seu comportamento depende fortemente de como são inicializados.
Nos sistemas caóticos, pequenas diferenças são fortemente amplificadas. Isto é bem ilustrado pelas correntes de ar atmosféricas, onde o bater de asas de uma borboleta em São Paulo pode produzir uma nevasca em Moscou - o chamado efeito borboleta.
Criptografia caótica
O sistema caótico produz uma sequência de números pseudoaleatório. Se os parâmetros iniciais do sistema caótico forem exatamente os mesmos, a sequência será sempre a mesma.
Na criptografia caótica, utilizada pelos pesquisadores brasileiros, estas sequências são utilizadas para embaralhar as mensagens.
O projeto teve início há cerca de três anos e possibilitou a criação do Grupo de Criptografia. Além do professor Odemir Martinez Bruno, integram o grupo o professor Alexandre Souto Martinez, do Departamento de Física e Matemática da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFLCRP) da USP, e o bolsista Anderson Gonçalves Marco.
A pesquisa está em fase final e a Agência USP de Inovação busca empresas interessadas em licenciar o produto.